Brasileiros são infelizes com o emprego que tem.

Share this article

Infelizmente, esta é a satisfação padrão dos empregados no Brasil.

Quando lembramos do desemprego no Brasil, quem esta empregado com certeza é muito agradecido ao emprego que tem, mas a verdade é que com ou sem crise no país, na grande maioria dos casos, nós brasileiros não estamos satisfeitos com o nosso emprego.

Os motivos são diversos e adoramos citar empresas norte-americanas ou europeias para usar como referência de salário, benefícios, qualidade de vida e até mesmo profissionalismo.

Temos que trabalhar, na nossa maioria, não nascemos em berço de ouro, mas boa parte de nós sofremos com stress e pressão, muitos até perdem a saúde por conta disso.

Somos remunerados, mas não para tolerar certas coisas que rotineiramente acontecem nos nossos empregos.

A maioria dos empregos não garantem nada além do previsto em lei, mas é garantido que problemas do qual desmotivam qualquer sempre tem:

🔴 1. Salário cai na conta e nem vê a cor do dinheiro;
🔴 2. Stress e pressão constante;
🔴 3. Sofre assédios morais;
🔴 4. Faz terapia por causa do emprego;
🔴 5. Tem Síndrome do domingo, fica pensando que tem que trabalhar no dia seguinte;
🔴 6. Esta tão desmotivado que quer trabalhar em outra coisa, como vender aguá de coco na praia;
🔴 7. Tem que aturar coisas só porque tem contas para pagar e/ou família para sustentar;
🔴 8. Acha que na sexta-feira vai sair cedo e do nada surge problemas que te prende no trabalho até tarde;

Profissionais que são autônomos, da área de tecnologia, saúde educação, segurança, terceirizados, que trabalham em bancos, são os mais afetados pela lista acima.

Muitos até reconhecem que tem um bom salário, mas acreditam que o salário não vale a pena pelo nervoso e falta de saúde que passam.

Infelizmente, é comum ficarmos sabendo de pessoas que passam mal no trabalho por stress. Sobe a pressão, desregula a batida cardíaca, desmaia, entra em depressão, chora, etc.

Temos que tomar cuidado, pois é algo que pode durar até o final das nossas vidas. E pior nossas vidas podem durar menos por conta deste estilo de trabalho.

Por isso cada vez mais percebemos que muitas pessoas buscam o empego dos sonhos, seja no Brasil ou no Exterior.

Empresas como Google, Facebook, Avon, Embraco, Ericsson, Unilever, Serasa, Boticário e centenas de outras apostam que os melhores resultados vem de profissionais motivados.

Para isto elas oferecem salários, benefícios e outras mordomias que faz qualquer um se sentir em casa:

😍 Cachorro no emprego com o dono;
😍 Bolsa de estudos no exterior;
😍 Passagens aéreas o empregado e família;
😍 Geladeira cheia e de graça, incluindo cervejas e energéticos;
😍 Licença maternidade e paternidade estendida;
😍 Trabalhar sem precisar sair de casa;
😍 Clube particular para o empregado e família;
😍 Escola particular para os filhos do empregado;
😍 Berçário dentro do emprego;
😍 Academia, salão de jogos e sala de descompressão dentro do emprego;
😍 Massagem para relaxar;
😍 Horário bem flexível;
😍 Redes de academias de graça;
😍 Expediente reduzido nas sextas-feiras.

Empresas assim reconhecem que empregados ainda são pessoas, e não robôs.

E o mais impressionante, apesar da crise, estas empresas não conseguem preencher suas vagas. Não encontram profissionais com o perfil que vagas precisam.

Ou melhor, tem profissionais sobrando, mas estes profissionais não sabem que tem emprego até para escolher e continuam vivendo no stress, pressão e assédios por achar que não tem nada melhor.

Eu, Rodrigo Matheus, já passei por anos acreditando que eu não tinha escolha, que já tinha conquistado o melhor que eu podia.

Até que em um dia de muito stress no trabalho, eu cheguei em casa e decidi não queria mais aquele emprego, eu não sabia o que queria, mais aquele emprego não queria mais.

Comecei a pesquisar empregos na internet, cursos para fazer, idiomas, treinamentos… Mas percebi um padrão de coisas erradas que estava fazendo e que todo mundo faz quando procura emprego.

Comecei a evitar este padrão de coisas erradas. Foi ai que encontrei a bala de prata dos empregos.

Eu descobri como me candidatar para algumas poucas e ótimas vagas de emprego e fazer eu ser chamada para a entrevista.

Nas entrevistas apliquei o mesmo método, identifiquei coisas que todos fazem, ai segui um caminho mais simples, porém eficaz, em duas semanas, já tinha duas propostas de emprego.

Isto faz oito anos e desde então eu escolho o emprego que eu quero. Eu tenho certeza que nunca mais o emprego vai me escolher.

As pessoas insistem em achar que não é possível, pois bem, eu e mais de 700 pessoas que já ensinei, fizeram o mesmo. Todos nós escolhemos os nossos empregos e não o contrário.

Pare para pensar, este monte de empregos anunciados em jornais, nas ruas e na internet. Você realmente acha que são vagas falsas? Você realmente acha que seu emprego atual, seu salário e até mesmo seu currículo são perfeitos?

Se você tem certeza que tudo esta perfeito na sua vida, parabéns! Mas se você acha que pode melhorar algo e quer fazer como eu fiz e como outras 700 pessoas fizeram, eu te convido a aprender o método criei e que estas 700 pessoas usaram.

Clique no link abaixo e assista ao vídeo que ensino como fazer e aproveito e mostro um pouquinho do meu emprego.

PS: Clicando no botão acima, no vídeo que ensino como você escolher seu emprego, só faço 3 promessas:

🔵 Salário gordo;
🔵 Benefícios top;
🔵 Mordomias surreais como as de cima;

Share this article

Comments are closed.